Olimpiadi
Benvenuto
Login

Presidente do River Plate diz que rirá 27.000 anos se CAS der Libertadores ao Boca Juniors

Grazie! Condividilo con i tuoi amici!

URL

Non hai gradito questo video. Grazie per il feedback!

Ci dispiace, solo gli utenti registrati possono creare le playlists.
URL


Aggiunto da clservice in Olimpiadi
17 Visioni

Descrizione

O presidente do River Plate, Rodolfo D'Onofrio, disse nesta quarta-feira que o clube rirá durante 27.000 anos se a Corte Arbitral do Esporte (CAS) considerar o Boca Juniors campeão da Taça Libertadores de 2018. Em entrevista ao canal de televisão pela internet "FWTV", D'Onofrio afirmou que ficou surpreso depois que o presidente do Boca, Daniel Angelici, solicitou novamente à CAS que proclame sua equipe como campeã da Libertadores. "Não o entendo.Não sei o que é que buscam, acho que estão equivocados.Seus jogadores já felicitaram os jogadores do River. Seu técnico anterior felicitou o River e disse que tinha vencido bem em campo", declarou o dirigente. D'Onofrio assegurou que "não há nenhuma possibilidade" que "tirem" do River o título que conquistou ao vencer o Boca por 3 a 1 na partida de volta da final, disputada no estádio Santiago Bernabéu de Madrid, após o empate em 2 a 2 da ida na Bombonera de Buenos Aires. "Não há nenhuma possibilidade, mas, de qualquer maneira, suponhamos que, por um segundo assim fosse, não vai ocorrer, mas você imagina as pessoas do Boca carregando a Libertadores e levando-a para o clube? Eu acredito que nos riríamos durante 27.000 anos", destacou.. Os diretores do Boca Juniors exigem que o clube seja reconhecido como campeão da Libertadores pela agressão que os jogadores da equipe sofreram quando se encaminhavam ao estádio Monumental para jogar o jogo da volta, que foi adiado por isso e posteriormente disputado em Madrid. Nesse sentido, o dirigente do River contou que insistiu para que o jogo fosse disputado no Monumental, especialmente pelos 66.000 torcedores que tinham ido ao estádio e que "mereciam" ver a partida.. Além disso, D'Onofrio revelou que ele tinha "absoluta confiança" de que sua equipe ganharia a final diante de seu clássico rival. "Eu dizia 'esta é a oportunidade histórica porque estamos em um momento muito bom do River, e o Boca não sei se está tão bem, portanto vamos ganhar'. Tinha confiança nisso e era a maior alegria que nos podíamos dar, e aconteceu", finalizou.

Commenti disabilitati.
RSS